TEATRO
Acompanhe o melhor do teatro adulto e infantil! As principais estreias nos palcos estão aqui.
Não deixe de ler as matérias e críticas.

Entrevistas e dicas de espetáculos

Um pouco do que vem por aí em 2018
Publicado em 21/12/2017, 23:00
584
Facebook Share Button
Sempre indico o Restaurante Pimenta Romã, apoiador precioso.

Um oásis de tranqüilidade nos Jardins, além da excelente comida, claro!

Endereço: Alameda Lorena, 521 - Jardins
pimentaroma.com.br

Buffet do Pimenta Romã de 2a a 6af!
No almoço executivo, vale dizer, você tem direito ao Buffet de pratos frios e quentes
e sobremesa.
#pimentaromã
Tem pizza à noite, entre outras opções:
O sorvete de jabuticaba com calda quente de cocada é único e divino!

----------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

Boca de Ouro no Sesc Ginastico

O texto da peça Boca de Ouro é inspirado em um lendário bicheiro carioca, figura temida e megalomaníaca, que tem esse apelido porque trocou todos os dentes por uma dentadura de ouro. Também é conhecido como o Drácula de Madureira. Quando Boca é assassinado, seu passado é vasculhado por um repórter. Sua fonte é dona Guigui, a volúvel ex-amante do contraventor, uma mulher que, ao longo da peça, revela diferentes versões do bicheiro. A montagem do espetáculo, da obra do consagrado autor carioca Nelson Rodrigues, é dirigido por Gabriel Vilella e traz no elenco os artistas Malvino Salvador (como Boca de Ouro), Mel Lisboa e Claudio Fontana (como Celeste e Leleco), Lavínia Pannunzio (como Guigui), e Leonardo Ventura (como Agenor). A trilha sonora é executada ao vivo por um pianista e uma cantora, que interpreta as canções imortalizadas por Dalva de Oliveira (1917-1972).
A temporada ocorrerá de 19/01/2018 a 25/02/2018 no teatro do Sesc Ginástico.
De 9 a 18/02/2018 não haverá sessões, já que ruas no entorno serão fechadas para passagem de blocos de carnaval.
Como já falei muito sobre a peça, a sinopse é do site do SESC
http://www.sescrio.org.br/programacao/boca-de-ouro


Romeu & Julieta 80! - estreia

Renato Borghi e Miriam Mehler celebram 60 anos de carreira
Amigos na vida real se encontram no palco para viver uma história de amor na maturidade
Dois grandes atores, muito ativos e que amam o ofício
Com concepção e direção de Marcelo Lazzaratto
Com Renato Borghi, Miriam Mehler, Carolina Fabri e Elcio Nogueira Seixas
No palco, a história contada é a de Shakespeare, mas Borghi e Miriam vivem dois enamorados com a marca do tempo e numa adaptação contemporânea realizada por Lazzaratto, que concebeu há quase uma década essa versão.
Como todos sabem, em Verona, na Itália, por volta de 1600, a rivalidade entre os Montecchios e os Capuletos é grande e Romeu e Julieta não conseguem viver o grande amor porque a guerra entre as famílias tem um final trágico.
Além do Romeu e da Julieta, vale dizer, os demais personagens aparecem: Ama, Mercucio, Teobaldo, Frei Lourenço, mães e pais, Prefeito, Benvólio, Paris, Boticário ( vividos por Seixas e Carolina).
Segundo o diretor, ¨A ênfase será dada à ação. Os papéis se revelam pelo que fazem e não em como se mostram¨..
• Vale relembrar a Sinopse
acentua-se e os conflitos estendem-se a parentes e criados, apesar do apelo do príncipe pela paz. Num baile de máscaras na casa dos Capuletos, Romeu Montecchio conhece Julieta Capuleto. A paixão é mútua e instantânea. Ao descobrir que pertencem a famílias inimigas, os dois se desesperam. Resolvem casar-se secretamente. Como todos já sabem, o destino do amor entre Romeu e Julieta seria trágico.
• Ficha técnica
Direção, adaptação e iluminação: Marcelo Lazzaratto
Elenco: Renato Borghi, Miriam Mehler, Elcio Nogueira Seixas e Carolina Fabri
Direção de Arte: Simone Mina
Trilha Sonora: Daniel Maia
Foto: Roberto Setton
Produção Executiva: Rick Nagash
Produção: Anayan Moretto
Assessoria de Imprensa: Adriana Monteiro – Ofício das Letras
Sesc Ipiranga
Endereço: R. Bom Pastor, 822 - Ipiranga, São Paulo - SP, 04203-000
Telefone: (11) 3340-2000
De 18 de janeiro a 18 de fevereiro
Temporada de 19 de janeiro a 18 de fevereiro, sextas e sábados, 21h. Domingos e feriado, 18h. Haverá espetáculo dia 25/01
02 de fevereiro apresentação com audiodescrição.
No Teatro
Capacidade – 200 lugares.
Duração: 1h30.
Recomendação etária: 12 anos.
Valores dos ingressos: R$ 30,00 (inteira), R$ 15,00 (meia) e R$ 9,00 (credencial plena).
Bilheteria – De terça a sexta das 12h30 às 21h30, sábados das 9 às 21h30 e domingos e feriados das 10h às 19 horas (ingressos à venda em todas as unidades do SESC e também pelo site www.sescsp.org.br).


Um Bonde Chamado Desejo é uma aula de teatro na forma de espetáculo teatral - reestreia
Sinopse:
Na trama, a sonhadora e atormentada Blanche DuBois muda-se para a casa da irmã, Stella, no estado norte americano de New Orleans, para logo entrar em violento embate com a brutalidade de seu cunhado, Stanley. Na tensão entre a carnalidade bestial de Stanley e o espírito etéreo de Blanche, ergue-se a mais pungente e bela metáfora do duelo entre o sonho e a realidade, entre a alma e o corpo, que o teatro já produziu. ( fonte Morente Forte)
Um trabalho denso, interessante e que coloca em evidência a loucura e a complexidade das relações humanas. Um emaranhado de emoções onde há lugar para o amor, brutalidade, desespero e para o desejo (à flor da pele). Das montagens mais impactantes do nosso teatro.
Maria Luisa Mendonça e Eduardo Moscovis dão um show em cena. Virgínia Buckowski também é ótima atriz e faz a irmã da protagonista com maestria. Donizeti Mazonas, Fabricio Licursi, Nana Yazbek e Davi Novaes completam o elenco.
O diretor Rafael Gomes, vale ressaltar, é um jovem artista e demonstra muita competência. Guia os atores com segurança, sobretudo nos momentos mais dramáticos, e olha que no final a peça é fortíssima, com interpretações viscerais!
Ficha Técnica
Texto: Tennessee Williams
Tradução e Direção: Rafael Gomes
Elenco: Maria Luisa Mendonça, Eduardo Moscovis, Virgínia Buckowski, Donizeti Mazonas, Fabricio Licursi, Nana Yazbek e Davi Novaes
Cenário: André Cortez
Iluminação: Wagner Antonio
Figurino: Fause Haten
Seleção Musical: Rafael Gomes
Assistente de direção: Nana Yazbek
Assessoria de Imprensa SP: Daniela Bustos, Beth Gallo e Thais Peres – Morente Forte Comunicações
Assessoria de imprensa RJ: Barata Comunicação
Projeto Gráfico: Laura Del Rey
Fotos de Estúdio: Pedro Bonacina e Renata Terepins
Fotos de Cena: João Caldas
Administração: Magali Morente Lopes
Produção Executiva: Martha Lozano
Coordenação de Projetos: Egberto Simões
Produtoras: Selma Morente e Célia Forte
Realização: Ministério da Cultura, Morente Forte Produções Teatrais, Empório de Teatro Sortido
Apoio Cultural: Seguros Unimed
Serviço
TEATRO TUCARENA (300 lugares)
Rua Monte Alegre, 1024 (entrada pela Rua Bartira) – Perdizes
Informações: 3670.8455 / 8454
Bilheteria: de terça a sábado, das 14h às 19h. Estacionamento conveniado: R$ 14 (Rua Monte Alegre, 835/ mediante apresentação do ingresso do espetáculo). Valet Estapar: R$ 25 (somente sábados e domingos)
Vendas: 4003.1212 e www.ingressorapido.com.br
Sexta e Sábado às 21h | Domingo às 18h
Ingressos:
R$ 80
Duração: 110 minutos
Classificação: 14 anos
Gênero: Drama
Estreou dia 05 de Junho de 2015 em São Paulo
Reestreia dia 19 de Janeiro de 2018
Temporada: até 01 de Abril


Os Guardas do Taj – estreia
Reynaldo Gianecchini e Ricardo Tozzi fizeram turnê em Portugal com muito sucesso.
De Rajiv Joseph
Tradução e Adaptação Rafael Primot
Direção Rafael Primot e João Fonseca
Amizade, lealdade, subserviência, poder são algumas questões abordadas no texto de Rajiv Joseph.
Na trama, o glorioso Taj Mahal será revelado e dois guardas, amigos de longa data são os responsáveis pela proteção do palácio. Elkes estão de costas porque não podem olhar para o local.
O problema é que uma carnificina, que mostra o capricho e a tirania do imperador. abalará a crença nos seres humanos. O ano é 1648 é regras estabelecidas são postas à prova. Esses homens fazem uma revisão de suas vidas.
Ficha Técnica:
TEXTO Rajiv Joseph
TRADUÇÃO E ADAPTAÇÃO Rafael Primot
DIREÇÃO Rafael Primot e João Fonseca
ELENCO Reynaldo Gianecchini e Ricardo Tozzi
MÚSICA ORIGINAL Marcelo Pellegrini
FIGURINO Fabio Namatame
CENÓGRAFO Marco Lima
VÍDEO PROJEÇÃO Estúdio Bijari
ILUMINAÇÃO Dani Sanchez
CENOTECNICO Fernando Brettas. Ono-Zone Estúdio
CENÓGRAFO ASSISTENTE Cesar Bento
PRODUÇÃO MUSICAL – Surdina
ASSISSTENTE DE PRODUÇÃO (ENSAIOS) Bruno Fagotti
ASSESSORIA DE IMPRENSA Daniela Bustos, Beth Gallo e Thaís Peres – Morente Forte Comunicações
PROGRAMAÇÃO VISUAL Vicka Suarez
ADAPTAÇÃO PROJETO GRÁFICO Erik Almeida
FOTOS PROGRAMAÇÃO VISUAL Fernando Torquatto
FOTOS DE CENA PORTUGAL Rogério Martins
FOTOS DE CENA BRASIL João Caldas Fº
ASSISTENTE DE FOTOGRAFIA Andréia Machado
MÍDIAS SOCIAIS: Dani Angelotti e Luciano Angelotti – Cuboweb
FILMAGENS E EDIÇÕES PARA WEB Jady Forte – Desteatrando
COORDENAÇÃO DE PRODUÇÃO Egberto Simões
PRODUÇÃO EXECUTIVA Martha Lozano
ASSISTENTE DE PRODUÇÃO Bárbara Santos
ASSISTENTE ADMINISTRATIVA Alcení Braz
ADMINISTRAÇÃO Danilo Bustos
IDEALIZAÇÃO: Rafael Primot e Enkapothado Artes
PRODUTORAS: Selma Morente e Célia Forte
REALIZAÇÃO: Morente Forte Produções Teatrais
PATROCÍNIO: Seguros Unimed
Serviço
OS GUARDAS DO TAJ
Teatro Raul Cortez (513 lugares)
Rua Dr. Plínio Barreto 285 – Bela Vista
Informações: 3254.1631
Bilheteria: terça a quinta das 15h às 20h; sexta a domingo a partir das 15h. Aceita todos os cartões de débito e crédito. Não aceita cheque. Ar condicionado e acesso para deficientes. Estacionamento do teatro: R$ 23
Vendas: (11) 2626-5282 – www.compreingressos.com
Sexta e Sábado às 21h
Domingo 18h
Ingressos:
Sexta R$ 60
Sábado R$ 80
Domingo R$ 70
Duração: 75 minutos
Recomendação: 12 anos
Gênero: drama
Estreia dia 13 de Janeiro de 2018
Temporada: até 25 de Março


Carmen – reestréia
Auditório Masp em 2018
Um clássico que surgiu como romance em 1845 e já foi filme, ópera e novela, e que agora ganha o teatro na direção de Nelson Baskerville
Espetáculo é inspirado na novela clássica de Prosper Mérimée. Elenco - Natalia Gonsales, Flávio Tolezani ( idealizadores) e Vitor Vieira
Uma história triste de amor é contada com elementos clássicos como a dança flamenca, com costumes ciganos e a tauromaquia.
Carmen morre porque acaba nas mãos de José, um homem doente e machista.
SINOPSE
Carmen e José vivem uma trágica paixão. Na trama, ele narra o seu amor por Carmen e o motivo que o levou a prisão. Já ela, através da obliquidade dos olhos, narra o seu ponto de vista em relação a história.
Ficha Técnica
Atuação: Natalia Gonsales, Flávio Tolezani e Vitor Vieira.
Direção: Nelson Baskerville.
Assistente de direção: Janaína Suaudeau
Criação Dramatúrgica: Luíz Farina.
Direção de Movimento e Coreografia: Fernanda Bueno.
Flamenco: Andi El Canijo
Música Original: Marcelo Pellegrini.
Cenário e Iluminação: Marisa Bentivegna.
Figurino: Leopoldo Pacheco e Carol Badra.
Designer Gráfico: Murilo Thaveira.
Fotografia: Ronaldo Gutierrez.
Técnico de Luz e Palco: Fernando Azevedo.
Técnica de Som: Monique Carvalho.
Contrarregra: Cláudio Boi.
Realização: Bem Casado Produções Artísticas.
Idealização: Natalia Gonsales e Flávio Tolezani.
Serviço
Temporada: 20 de janeiro a 11 de fevereiro de 2018
Aos sábados, às 21h; e aos domingos, às 20h
MASP AUDITÓRIO - Av. Paulista 1578 - Bela Vista
Informações: (11) 31495959
Capacidade: 374 lugares
Ingresso: R$ 50 (inteira) e R$ 25 (meia-entrada).


Agora e na hora – estreia em SP após temporada no Rio
André Gonçalves, Amandha Lee e Rodolfo Mesquita
De Luis Erlanger
Direção Walter Lima Junior
Estreia dia 05 de Janeiro no Teatro Folha
Sinopse:
A fé de um padre aparentemente devoto é colocada à prova quando ele está prestes a morrer. Com humor e ironia, a peça de estreia do jornalista e escritor Luis Erlanger aborda questões cômicas da natureza humana.
O padre fica desesperado quando sabe de sua Grace doença e abandona a batina. Ele vai em busca de outras crenças para tentar entender o motivo de estar doente e
“Nossa trajetória na Terra pode ser vista como uma tragédia – afinal, todos morrem no final – mas é risível a forma patética como nós, humanos, ainda nos consideramos seres superiores na natureza e esperamos um tratamento especial por parte dela ou por quem está no seu comando”, reflete Erlanger. “Partindo dessa ideia, questionei, entre outras coisas, se um sacerdote, que acredita e prega a vida eterna, permaneceria tão convicto e sereno diante da iminência da própria morte”.
Crédito: Leo Aversa (fotos no estúdio) e Cristina Granato (fotos de cena)
Ficha Técnica
Texto: Luis Erlanger
Direção: Walter Lima Junior
Assistência de direção: Carlos André Martins (Careca)
Elenco:
André Gonçalves – Padre Emanuel
Amandha Lee – Beata / Secretária / Garota de programa / Mãe-de-santo / Mãe e Médium
Rodolfo Mesquita – Sacristão / Oncologista / Pastor / Traficante / Daimista / Padre
Cenografia: Fernando Mello da Costa
Figurinos: Inês Salgado
Iluminação: Daniel Galvan
Trilha sonora: Pedro Silveira
Fotos: Leo Aversa e Cristina Granato
Assessoria de imprensa: Morente Forte
Produção executiva: Dani Carvalho e Renata Alvarenga
Direção de produção: José Gonzaga Araújo
Elaboração e administração: Bianca Ramos
Patrocínio: Petrobras
Realização: Pedra Corrida Produções
Serviço
AGORA E NA HORA
TEATRO FOLHA (305 lugares)
Shopping Pátio Higienópolis – Av. Higienópolis, 618 / Terraço
Informações: (11) 3823-2323
Vendas: (11) 3823.2423 / 3823.2737 www.teatrofolha.com.br
Venda de espetáculos para grupos e escolas: (11) 3104-4885
Bilheteria: de terça a quinta, das 15h às 21h; sexta, das 15h às 00h; sábado, das 12h às 00h; e domingo, das 12h às 19h | Não aceita cheques | Aceita os cartões de crédito: todos da Mastercard, Redecard, Visa, Visa Electron e Amex / 50% desconto para Clube Folha e funcionários e clientes do Cartão Renner | Acesso para cadeirantes | Ar condicionado | Estacionamento do Shop: R$ 14 (primeiras duas horas)
Sexta às 21h30 | Sábado às 20h e 22h | Domingo às 20h
Ingressos:
Sexta: R$70 (setor 1) | R$40 (setor 2)
Sábado e Domingo: R$80 (setor 1) | R$50 (setor 2)
*Clientes Petrobras PREMMIA e Funcionários da Petrobras têm 50% de desconto na compra de dois ingressos, apresentando documentos que comprovem seus direitos. Desconto não cumulativo com outras promoções.
Duração: 80 minutos
Recomendação: 14 anos
Estreia dia 05 de Janeiro de 2018
Temporada: até 25 de Fevereiro


A Visita da Velha Senhora – reestreia
Denise Fraga, Tuca Andrada, Ary França, Fábio Herford,
Davi Taiyu, Maristela Chelala, Romis Ferreira, Renato Caldas,
Eduardo Estrela, Beto Matos, Luiz Ramalho e Rafael Faustino
De Friedrich Dürrenmatt
Tradução Christine Röhrig
Stage rights by Diogenes Verlag AG Zürich
Adaptação Christine Röhrig, Denise Fraga, Maristela Chelala
Direção Geral Luiz Villaça
Temporada 2018 – De 24 de janeiro até 18 de Fevereiro
Quarta a domingo no Teatro do SESI-SP
Clássico do suíço Friedrich Dürrenmatt, escrito em 1956, fala o quanto os valores morais podem se desfazer quando o dinheiro está em jogo.
Na trama, os cidadãos da cidade de Güllen esperam ansiosos pela chegada da milionária Claire Zachanassian (vivida por Denise Fraga – que dá um show em cena) – que promete salvá-los da falência – para isso, no entanto, eles precisam matar Alfred Krank, que a abandonou na juventude, apaixonada e grávida, por um casamento de interesse.
Ficha Técnica
Autor: Friedrich Dürrenmatt
Stage rights by Diogenes Verlag AG Zürich
Tradução: Christine Röhrig
Adaptação: Christine Röhrig, Denise Fraga e Maristela Chelala
Direção Geral: Luiz Villaça
Direção de Produção: José Maria
Elenco: Denise Fraga, Tuca Andrade, Ary França, Fábio Herford, Davi Taiyu, Romis Ferreira, Maristela Chelala, Renato Caldas, Eduardo Estrela, Beto Matos,
Luiz Ramalho e Rafael Faustino
Direção de Arte: Ronaldo Fraga
Direção Musical: Dimi Kireeff
Trilha Sonora original: Dimi Kireeff e Rafael Faustino
Desenho de Luz: Nadja Naira
Direção de Movimento: Keila Bueno
Direção Vocal: Lucia Gayotto
Visagismo: Simone Batata
Assistente de Direção: André Dib
Assistente de Produção Musical: Nara Guimarães
Engenheiro de Mixagem: Fernando Gressler
Produção Executiva: Marita Prado
Assistente de Produção: Cristiane Ferreira
Camareira: Maria da Guia
Assistente de Iluminação: Robson Lima
Design de Som: Carlos Henrique
Cenotécnicos: Jeferson Batista de Santana, Edmilson Ferreira da Silva, Douglas Caldas
Assessoria Financeira: Valkíria Góes
Fotografia: Cacá Bernardes
Assessoria de Imprensa: Morente Forte Comunicações
Produção: NIA Teatro
Apoio: Bradesco
Serviço
A VISITA DA VELHA SENHORA
TEATRO DO SESI-SP (456 lugares)
Av. Paulista, 1313 – Bela Vista (em frente à estação Trianon-Masp do Metrô)
Informações: www.centroculturalfiesp.com.br e (11) 3146-7439
Quarta a Sábado às 20h | Domingo às 19h
Entrada gratuita
Reservas antecipadas de ingressos online pelo portal www.sesisp.org.br/meu-sesi
Para apresentações entre dias 1º e 15, reservas divulgadas na internet a partir do dia 25 do mês anterior.
Para apresentações entre dias 16 e 31, reservas divulgadas na internet a partir do dia 10 do mesmo mês.
Ingressos remanescentes são distribuídos por sessão, no dia do espetáculo, a partir do horário de abertura da bilheteria (quarta a sábado, das 13h às 20h; domingo, das 11h às 20h).
Classificação indicativa: 14 anos
Duração: 120 minutos
Gênero: comédia trágica
Estreou dia 18 de agosto de 2017
Temporada 2018: de 24 de Janeiro até 18 de Fevereiro


MPB Musical Popular Brasileiro
Em Março: estreia
Espetáculo celebra a música popular brasileira
Dirigido por Jarbas Homem de Mello, com Danielle Winits, e grande elenco
Direção musical de Miguel Briamonte
Com humor, o espetáculo mostra a loucura vivida por uma equipe improvisada, que tem que montar um espetáculo grandioso em apenas uma semana.
Estreia dia 2 de março, sexta-feira, no Teatro das Artes - Shopping Eldorado.
Sinopse
Enquanto dois anjos caídos realizam uma viagem para tentar chegar ao céu, a filial brasileira da multinacional Flex Flex vai receber executivos da matriz. Para mostrar como é o Brasil, a empresa decide montar um musical com canções da MPB. Um produtor veterano é escalado para realizar o espetáculo. Ele chama um velho amigo diretor de teatro, atualmente envolvido com desfiles de carnavais de uma escola de samba do segundo grupo, para fazer parte do projeto. Apesar do pouco prazo para montar o musical, apenas uma semana, tudo parecia correr bem com a volta da velha dupla de sucesso do showbiz nacional. Ainda mais depois da chegada uma conhecida atriz, que foi vedete no passado, para se juntar ao time. Por imposição da matriz da Flex Flex, uma jovem advogada é colocada como assistente de direção e resolve inovar na criação. Em cena, o conflito divertido entre os produtores tradicionais com as novas ideias da assistente de direção temperado por um prazo irreal: elementos que trazem à tona o “jeitinho brasileiro” de resolver problemas mesclado com as loucuras dos anjos, que entram na história na tentativa de alcançar o céu. O musical é permeado de músicas brasileiras de todas as épocas e estilos, sem se ater a um gênero ou compositor específico, com arranjos inéditos.
Ficha Técnica
Texto: Enéas Carlos Pereira e Edu Salemi
Direção Artística: Jarbas Homem De Mello
Arranjos E Direção Musical: Miguel Briamonte
Coreografias: Kátia Barros
Iluminação: Fran Barros
Figurinos: Fabio Namatame
Assistente De Direção: Alex Riegel
Preparação Vocal E Maestrina: Carol Weingrill
Produção Executiva: Fábio Hilst
Direção De Produção: Charge - Charles Geraldi
Produção E Realização: Viacultura – Renata e Silvio Ferraz
Elenco:
Danielle Winits
Érico Brás
Giulia Nadruz
Reiner Tenente
Marcelo Góes
Dagoberto Feliz
Ensamble:
Carol Tanganini
Leilane Teles
Mariana Barros
Mariana Gallindo
Nina Sato
Vivian Albuquerque
Daniel Cabral
Davi Tostes
Eduardo Leão
Guilherme Leal
Leandro Naiss
Oscar Fabião



HEBE O MUSICAL - reestreia

Para quem não sabe, essa mulher que foi a maior apresentadora da nossa TV, era atriz e cantora. Carol Costa vive Hebe na juventude e Débora Reis é a Hebe na vida adulta.
O texto é baseado na biografa escrita por Artur Xexéo e a trilha é formada pelas músicas que marcaram a sua carreira de cantora.
Entre as passagens da sua vida, o público poderá acompanhar, a relação de Hebe com os pais Fêgo Camargo (Carlos Leça) e Ester Camargo (Clarty Galvão), a sua participação em programas de calouros e no rádio, a longa amizade com a atriz e cantora Lolita Rodrigues (Renata Ricci) e a comediante Nair Bello (Renata Brás), a entrada para a TV, o encontro com artistas como Mazzaroppi (Adriano Tunes) e Ronald Golias, Agnaldo Rayol (Rodrigo Garcia/Frederico Reuter), o reconhecimento do público e a sua personalidade marcante.
Hebe (Debora Reis) recebe o público no Teatro e, como num programa televisivo dos anos 60, os atores encenam a sua trajetória.
Nesse programa de TV, tem a garota propaganda atrapalhada (Giovana Zotti) e Leonor (Brenda Nadler), uma fã que responde questões sobre a vida da estrela, além do apresentador Belo Garrido (Daniel Caldini).
Com relação à direção de Miguel Falabella, destaque para o uso de branco e preto para retratar o passado. Conforme o tempo vai passando, as cenas ganhar cor.
egundo Falabella, o que mais o instigou a dirigir, quando foi convidado para o trabalho, foi a possibilidade de fazer um musical brasileiro, contando a história de uma das nossas personalidades mais famosas.
"Um delírio musical. O meu objetivo é encantar a plateia da mesma maneira que a Hebe sempre nos encantou", diz Falabella.
¨Foi trabalhoso e prazeroso dirigir o musical. Foi uma homenagem feita com muito trabalho para resgatar a cantora, a atriz, o seu carisma e celebrar o artista brasileiro. Senti a Hebe presente nos ensaios¨, complementa.
“Quis fazer um musical tecnicamente perfeito para que o público tenha deleite com a história de uma mulher que é um ícone, querida, e esteve à frente do seu tempo”, declara o diretor, destacando que o empoderamento feminino de que tanto se fala hoje, já era presente na trajetória de Hebe Camargo
Teatro Procópio Ferreira (624 lugares)
Rua Augusta, 2.823 - Jardins
Informações: 3083-4475
Vendas de grupos: (11) 3064-7500
Vendas: www.ingressorapido.com.br e tel.: 4003-1212.
Bilheteria: de quinta a domingo da 14h00 até o inicio do espetáculo.
Abertura da casa: 1 hora antes do início do espetáculo. Aceita cartões de todas as bandeiras. Não aceita cheque. Não faz reserva de ingresso. Acesso e lugares para deficientes físicos e pessoas com sobrepeso, ar condicionado.
Estacionamento Conveniado: Auto vagas, a 170m do Teatro, Rua Augusta 2673, Valor único R$ 20 (mediante a apresentação de ticket selado. Retire o selo na Bilheteria) Não abre aos Domingos.
Quinta e Sexta às 21h | Sábado às 17h e 21h | Domingo às 18h
Ingressos:
Quinta: R$ 50 (ingressos populares) | R$ 130 (setor I) | R$ 160 (setor premium)
Sexta e domingo: R$ 50 (ingressos populares) | R$ 160 (setor I) |
R$ 180 (setor premium)
Sábado: R$ 50 (ingressos populares) | R$ 170 (setor I) | R$ 190 (setor premium)
Duração: 140 minutos (com intervalo de 20 min)
Recomendação: 12 anos
Gênero: musical
A partir de 4 de janeiro de 2018
Ficha Técnica
Autor
Artur Xexéo
Direção geral
Miguel Falabella
Coreografia e assistente de direção
Fernanda Chamma
Direção musical e arranjos
Daniel Rocha
Maestro e preparação vocal
Guilherme Terra
Designer de luz
Guilherme Herrero
Figurino
Ligia Rocha e Marco Pacheco
Produção de figurino
Eliana Liu
Assistente de figurino
Rebecca Beolchi
Visagista
Anderson Bueno
Designer de som
Tocko Michelazzo
Cenário e direção de arte
Gringo Cardia
Direção residente
Beatriz Lucci
Assistente de coreografia
Alessandra Regis
Direção técnica e palco
Lucas Farias
Stage manager
Max Oliveira
Pianista
Renan Achar
Operador de Luz
Thiago Magnata
Operador de Som
Gustavo Inca
Designer de Perucas
Wellington Fontinele
Assistente de perucaria
Emily Garcia
Comunicação e Marketing
Aline Sant'Anna
Assistente de Marketing
Catharina Figueiredo
Fotografia
Caio Galluci
Produção Geral
Julio Cesar Figueiredo e Barbara Guerra
Direção de Produção
Joana Motta
Produtor Executivo
Jardel Romão
Assistente de produção
Vanessa Campanari e Celso Dornelas
Produtora de elenco
Gisele Lima
Atendimento comercial
Cristiane Petrucci
Financeiro
Helcio Crocio
Assistente financeiro
Andrea de Lara
Produtores associados
Cláudio Pessuti, Luiz Oscar Niemeyer, Júlio Cesar Figueiredo e Luis Henrique Ramalho
Co-produção
Bonus Track Entretenimento, Hebe Forever e Atual Consultoria
Realização
Ministério da Cultura e Bonus Track Entretenimento
Elenco
* Débora Reis (Hebe Camargo)
* Carol Costa (Hebe Jovem)
* Renata Ricci (Lolita Rodrigues)
* Frederico Reuter (Luís Ramos/Agnaldo Rayol)
* Guilherme Magon (Décio Capuano)
* Dino Fernandez (Lélio Ravagnani)
* Carlos Leça (Fêgo Camargo)
* Clarty Galvão (Esther Camargo)
* Adriano Tunes (Mazzaropi/Marcello Camargo/Ensemble)
* Brenda Nadler (Leonor/Ensemble)
* Daniel Caldini (Belo Garrido/Ensemble)
* Giovana Zotti (Garota-Propaganda/Ensemble)
* Renato Caetano (Joe Louis/Ensemble)
* Renata Brás (Nair Bello/Ensemble)
* Fernando Marianno (Golias/Ensemble)
* Rodrigo Filgueiras Garcia (Agnaldo Rayol Jovem/Ensemble)
* Fefa Moreira (Stella Camargo/Ensemble)
* Keka Quarterone (Ensemble)
* Mari Saraiva (Ensemble)
* Maysa Mundim (Ensemble)
* Renato Bellini (Ensemble)


Renato Russo, musical que mostra a trajetória de um dos nossos maiores artistas da música reestréia em São Paulo
Bruce Gomlevsky
em
RENATO RUSSO
O MUSICAL
De Daniela Pereira de Carvalho
Direção Mauro Mendonça Filho
Direção Musical Marcelo Alonso Neves
Ficha Técnica
Texto: Daniela Pereira de Carvalho
Direção: Mauro Mendonça Filho
Direção Musical: Marcelo Alonso Neves
Com: Bruce Gomlevsky
Banda Arte Profana:
Guitarra: Ziel de Castro
Baixo: Maninho Bass
Teclado: Juba Califórnia
Bateria: Marcos Vinni
Iluminação: Wagner Pinto
Cenografia: Bel Lobo e Bob Neri
Figurino: Jeane Figueiredo
Assessoria de Imprensa: Morente Forte
Realização: BG ArtEntretenimento e Gávea Filmes
Patrocínio: REDE
Produtores associados: Bianca de Felippes e Bruce Gomlevsky
Serviço
RENATO RUSSO, O MUSICAL
THEATRO NET SP (800 lugares)
Rua Olimpíadas, 360 – Shopping Vila Olímpia/5° andar
Bilheteria: terça a domingo a partir das 14h.
Vendas: www.ingressorapido.com.br / 4003.1212
Sexta e Sábado às 21h | Domingo às 17h30
Ingressos:
De R$ 50 a R$ 120
Duração: 120 minutos
Recomendação: 12 anos
Gênero: musical
Estreou em 2006 no Rio de Janeiro
Temporada 2018: de 05 de Janeiro até 25 de Fevereiro


Amigas, pero no mucho - Reestreia
As Hilárias amigas estão de volta
Rola inveja, fofoca, amor, admiração, despeito, amizade, carinho....tudo isso e muito mais....explosão de sentimentos de mulheres casadas ou solteiras, mas que de alguma maneira são solitárias e querem apenas vivem bem, com alegria e amor.
Elias Andreato, Nilton Bicudo, Leandro Luna e Raphael Gama, Anderson Beltrão
de Célia Regina Forte
direção José Possi Neto
Nova temporada no Teatro Folha a partir de 10 de Janeiro
Comédia irreverente volta ao Teatro Folha em 2018, para apresentações às quartas e quintas
Ficha Técnica
AUTORA: Célia Forte
DIREÇÃO GERAL e FIGURINOS: José Possi Neto
TRILHA COMPOSTA: Miguel Briamonte
PIANO AO VIVO: Anderson Beltrão
MÚSICA “Amigas pero para siempre” – dueto (versão livre) Elias Andreato
PARTICIPAÇÃO ESPECIAL: Denise Fraga voz em off
CENÁRIO: Jean-Pierre Tortil
SAPATOS: Fernando Pires
ILUMINAÇÃO: Wagner Freire
DIREÇÃO DE MOVIMENTO: Vivien Buckup
SUPERVISÃO CENOGRÁFICA: Luís Rossi
EXECUÇÃO CENOGRÁFICA: FCR Produções Artísticas
PERUCAS: Adriana Almeida
ASSESSORIA DE IMPRENSA: Daniela Bustos, Beth Gallo e Thaís Peres – Morente Forte Comunicações
PROGRAMAÇÃO VISUAL: Vicka Suarez
ADAPTAÇÃO DE ARTE VISUAL Erik Almeida
FILMAGENS E EDIÇÕES PARA WEB: Jady Forte – Desteatrando
MÍDIAS SOCIAIS: Dani Angelotti e Luciano Angelotti – Cuboweb
FOTOS: João Caldas Fº
ASSISTENTE DE FOTOGRAFIA Andréia Machado
COORDENAÇÃO DE PRODUÇÃO: Egberto Simões
PRODUÇÃO EXECUTIVA: Martha Lozano
ASSISTENCIA DE PRODUÇÃO: Bárbara Santos e Jady Forte
ASSISTENCIA ADMINISTRATIVA: Alcení Braz
ADMINISTRAÇÃO: Magali Morente Lopes
PRODUTORA: Selma Morente
REALIZAÇÃO: Morente Forte Produções Teatrais
PATROCÍNIO: Seguros Unimed
Serviço
TEATRO FOLHA (305 lugares)
Shopping Pátio Higienópolis – Av. Higienópolis, 618 / Terraço
Informações: (11) 3823-2323
Vendas: (11) 3823.2423 / 3823.2737 www.teatrofolha.com.br
Venda de espetáculos para grupos e escolas: (11) 3104-4885
Bilheteria: de terça a quinta, das 15h às 21h; sexta, das 15h às 00h; sábado, das 12h às 00h; e domingo, das 12h às 19h | Estacionamento do Shop: R$ 14 (primeiras duas horas). Não aceita cheques / Aceita os cartões de crédito: todos da Mastercard, Redecard, Visa, Visa Electron e Amex / 50% desconto para Clube Folha e funcionários e clientes do Cartão Renner
Quartas e Quintas às 21h
Ingressos:
R$50 (setor 1) | R$40 (setor 2)
Duração: 80 minutos
Recomendação: 14 anos
Temporada 2018: de 10 de janeiro até 01 de março


O impactante Céus reestréia no Teatro Vivo
O texto é de Wajdi Mouawad, o mesmo autor do arrebatador Incêndios. O Projeto é de Felipe Carolis, que atuou em Incêndios, e nessa obra a ideia é questionar o poder da arte diante do horror de um atentado terrorista. Um texto contemporâneo e que mexe com questões importantes.
Personagens são especializados em desvendar atentados, mas têm que lidar com o sumiço de um dos integrantes da equipe.
Eles estão presos, mas não é revelado para o público em qual lugar eles estão. Eles só serão soltos quando conseguirem resolver a missão. A vida de muitas pessoas está nas mãos desses profissionais. A tensão é muito grande!
Ficha Técnica
De Wajdi Mouawad
Direção Aderbal Freire-Filho
Com Felipe de Carolis, Rodrigo Pandolfo, Marco Antônio Pâmio, Karen Coelho & Isaac Bernat
Diretor assistente Fernando Philbert
Cenografia Fernando Mello da Costa
Iluminação Maneco Quinderé
Figurinos Antonio Medeiros
Direção Musical Tato Taborda
Vídeos e projeto gráfico Radiográfico
Visagismo Erica Monteiro
Assessoria de imprensa: Morente Forte
Direção de produção Amanda Menezes
Produção executiva Juliana Cabral
Coordenação geral Maria Angela Menezes
Produção Tema Eventos Culturais e E-MERGE
Serviço
Teatro VIVO (274 lugares)
Av. Dr. Chucri Zaidan, 2460 (antigo 860) – Morumbi
Informações: 3279.1520 e 97420.1520
Bilheteria: de terça a domingo, a partir das 14h. Aceita todos os cartões de crédito e débito. Acessibilidade: 6 lugares para cadeirantes, 2 lugares para mobilidade restrita e 2 cadeiras para obesos. Vallet: R$ 25.
Facebook: facebook.com/vivoencena – Instagram: @vivoencena
Vendas: www.ingressorapido.com.br e 4003.1212
Sexta às 20h | Sábado às 21h | Domingo às 18h
Ingressos:
Sexta R$ 50 | Sábado e Domingo R$ 60
Duração: 110 minutos
Recomendação: 14 anos
Estreou dia 27 de Outubro de 2017
Temporada 2018: de 26 de Janeiro até 04 de Março


A Casa da Mariquinhas - reestreia
Cabaré que traz fado e poesia
Roteiro e concepção de Helder Mariani e direção de Dagoberto feliz.
No palco, os atores-cantores Helder Mariani, Katia Naiane, Ricardo Arantes, e Silmara Deon – alternam fados famosos, como “É Loucura”, “Só Nós Dois É que Sabemos”, “Perseguição”, “Casa Portuguesa”, “Grândola Vila Morena”, “Esquina de Rua”, “Maldição” e “Estranha Forma de Vida”, além da canção-título “A Casa da Mariquinhas” com poesias de Fernando Pessoa, Florbela Espanca, José Régio e Bocage, nomes da literatura portuguesa.
A apresentação acontece no salão da Cia da Revista para que o clima de cabaré embale o espectador.
Vale dizer que A Casa da Mariquinhas foi uma animada casa de raparigas, onde os frequentadores se encontravam para contar da vida e cantar o fado. Foi leiloada e se transformou em casa de penhor.
Para a realização desse trabalho, foram realizadas pesquisas em Portugal para a compreensão da importância histórica do fado e o seu valor nos dias de hoie ( foi uma expressão artística relacionada diretamente à Revolução dos Cravos que derrubou o ditador Antônio de Oliveira Salazar, em 1974)
Ficha técnica / Serviço
Idealização e roteiro: Helder Mariani
Direção geral: Dagoberto Feliz
Elenco: Helder Mariani, Katia Naiane, Ricardo Arantes e Silmara Deon.
Ator stand in: Artur Volpi
Direção musical: Marco França
Desenho de luz: Matheus Macedo
Direção de arte: André Medeiros Martins
Identidade visual: Murilo Thaveira
Fotos: Rafael Sampaio
Realização: Cia. Da Palavra e Nossa Senhora da Produção
Espetáculo: A CASA DA MARIQUINHAS - Um cabaré português com Poesia e Fado
Reestreia: 20 de janeiro. Sábado, às 18h
Temporada: do de janeiro a 11 de março
Horários: sábados e domingos, às 18h
Local: Cia da Revista – Botequim Contra Regra
Endereço: Alameda Nothmann, nº 1135. Campos Elíseos. SP. Tel: (11) 3791-5200
Ingressos: R$ 50,00 (inteira) e R$ 25,00 (meia).
Bilheteria: 1h antes das sessões. Aceita cartões.
Gênero: Cabaré de fado. Classificação: 12 anos. Duração: 70 min.
Capacidade: 30 lugares. Acessibilidade. Ar condicionado.
Não haverá espetáculo nos dia 3 e 4 de fevereiro.
Vendas online: www.compreingressos.com - (11) 2122-4070


Coisas Estranhas Acontecem Nesta Casa - Reestreia
Elenco Pablo Diego Garcia, Pedro Bosnich, Bruno Sperança, Deo Patricio e Daniel Aguiar
De Pablo Diego Garcia
Direção Marcio Macena
Co-Direção Marisa Orth
A partir de 13 de Janeiro no Teatro Augusta
Uma velha mansão de Campos de Jordão guarda um velho segredo
Na trama, história de 5 personagens excêntricos, presos por uma tempestade.
Fleury, Kleber e Alfredo moram no casarão e se odeiam. Fleury é o mais velho e está perdendo a memória; Kleber é alcoólatra, mau humorado e fumante compulsivo; Alfredo é um costureiro sem talento.
São pessoas falidas que têm como ponto de ebulição a explosão de uma panela num jantar que seria servido para a cliente mais importante de Alfredo, a socialite Marcela Vitanozzi que poderá salvar todos da miséria.
A socialite acaba falecendo durante o jantar e um jornalista misterioso os visita bem na hora que estão tentando esconder o corpo.
Ficha Técnica
Texto: Pablo Diego Garcia
Elenco: Pablo Diego Garcia, Pedro Bosnich, Bruno Sperança, Deo Patricio e Daniel Aguiar
Standing: Almir Martins
Direção: Marcio Macena
Co-Direção: Marisa Orth
Cenário: Andre Diniz
Figurino: Kogen
Trilha Sonora: Andre Aquino
Iluminação: Cesar Pivetti
Fotos: Priscila Prade
Assessoria de Imprensa: Morente Forte
Produção: Pablo Diego
Assistente: Erlane Souza
Realização: Kogen
Apoio cultural: Cavix e D`ouro Antigo
Patrocínio: Porto Seguro
Serviço
Teatro Augusta (328 lugares)
Rua Augusta, 943
Informações: 3151.4141
Bilheteria: Quarta a domingo, a partir das 15h. Aceita todos os cartões de crédito e débito, não aceita cheque.
Vendas: www.ingressorápido.com.br / 4003.1212
Sábados às 22h | Domingos às 20h
Ingressos: R$ 50
Clientes Porto Seguro tem 50% de desconto
Duração: 90 minutos
Recomendação: 12 anos
Reestreia dia 13 de Janeiro de 2018
Temporada: até 04 de Março
Teatro Porto Seguro nas férias


Versão na Praça 2018
A praça do Espaço Cultural Porto Seguro e o Gemma Restaurante recebem, nos dias 27 e 28 de janeiro, mais uma edição do Versão na Praça – com artistas da cena musical contemporânea fazendo releituras de obras de músicos consagrados.
No sábado, 27 de janeiro, o dia começa com apresentação da Palhaça Rubra (às 11h), com seu show de variedades musicais interativas. À tarde sobe ao palco Ana Cañas, interpretando músicas de Arnaldo Antunes (às 15h).. Neste show inédito a cantora e compositora interpreta hits como Socorro, Beija Eu e Velha Infância, além de composições assinadas por Ana Canãs em parceria com Arnaldo Antunes, como A Menina e o Cachorro e Na Multidão.
No domingo, 28 de janeiro, é a vez do Grupo Triii (às 11h) abrir o dia e divertir crianças e adultos com músicas, brincadeiras e performances. Às 15h é a vez de Marya Bravo sacudir a praça do Espaço Cultural com o show Marya Bravo Canta Beatles .A banda sempre fez parte da vida e percurso da contora, e sua mãe, Lizzie Bravo, foi a única brasileira a cantar com os Beatles. Filha também de Zé Rodrix, Marya recria clássicos de diversas fases da banda comoHey Jude, While My Guitar Gently Weeps, Blackbird, The Long And Winding Road, Here, There And Everywhere e Something.
Além das apresentações, das 9h às 18h tem comidinhas, food trucks, bike foods, lojinhas de artesanato e arte, em mais uma opção de lazer e cultura para toda a família.

Exposição Carlos Garaicoa
Com obras no acervo da Tate Modern Gallery, de Londres, do Centre Pompidou, de Paris, do Guggenheim e do Museu de Arte Moderna (MoMA), ambos de Nova York, e do Museu de Bellas Artes de Cuba.
São 22 obras com instalações, vídeos, fotografias, maquetes e desenhos que apresentam percursos criativos, com destaque para os primeiros ensaios feitos para investigar criativamente Havana, capital de seu país de origem.
Serviço:
VERSÃO NA PRAÇA
Local: Praça entre o Espaço Cultural Porto Seguro e Restaurante Gemma.
Classificação etária: livre.
Horário: Das 9h às 18h.
Entrada gratuita.

Dia 27 de janeiro - Sábado
Palhaça Rubra, às 11h
ANA CAÑAS no show Ana Cañas Canta Arnaldo Antunes

Dia 28 de janeiro - Domingo
Grupo Triii, às 11h
MARYA BRAVO no show Marya Bravo Canta Beatles

****
EXPOSIÇÃO CARLOS GARAICOA
Período de exposição: de 7 de fevereiro a 6 de maio 2018.
De terça a sábado das 10h às 19h, domingo das 10h às 17h
Entrada gratuita.
ESPAÇO CULTURAL PORTO SEGURO
Alameda Barão de Piracicaba, 610
Campos Elíseos – São Paulo
(11) 3226-7361
Capacidade: 305 pessoas
Acessibilidade:
O edifício é acessível para pessoas com mobilidade reduzida. A exposição oferece atendimento especial na visitação com mediadores bilíngues em inglês, espanhol e libras mediante agendamento prévio.
Estacionamento:
Alameda Barão de Piracicaba, 634 (sede Porto Seguro)
De Segunda a sexta-feira até 1h30 gratuito (1ª, 2ª e 3ª hora adicional R$ 10,00 a hora. A partir da 4ª hora adicional, R$ 5,00 a hora). A partir das 17h30 e aos sábados, domingos e feriados - R$ 20,00 (preço único).
Serviço de vans:
O Complexo Cultural Porto Seguro oferece vans gratuitas da Estação Luz até as dependências do Teatro Porto Seguro e do Espaço Cultural Porto Seguro. Na Estação da Luz, o ponto de encontro das vans é na saída Rua José Paulino / Praça da Luz / Pinacoteca, em frente ao Parque Jardim da Luz. Há instrutores no local para orientar o embarque. Para mais informações, entrar em contato pelo telefone (11) 3226-7361.
Gemma Restaurante: Recesso de 22 de dezembro a 7 de janeiro.
A partir de 8 de janeiro - Terças a sextas-feiras das 12h às 19h.
Sitehttp://espacoculturalportoseguro.com.br
Facebookhttp://facebook.com/EspacoCulturalPortoSeguro
Instagram @EspacoCulturalPortoSeguro



L, O Musical – estreia em SP depois de temporada no Rio

Musical-manifesto feminista do Criaturas Alaranjadas Núcleo de Criação Continuada
A peça, dirigida e escrita por Sérgio Maggio, tem como objetivo celebrar o amor entre mulheres ao som de vozes femininas da MPB
Com Elisa Lucinda, Ellen Oléria, Renata Celidonio, Gabriela Correa, Tainá Baldez e Luiza Guimarães
Músicas de Simone, Adriana Calcanhotto, Márcia Castro, Cássia Eller, Mart’nália, Isabella Taviani, Maria Gadú, Leci Brandão, Sandra de Sá, Angela Ro Ro, Marina Lima, Maria Bethânia, entre outras cantoras.
Ficha Técnica
Realização e patrocínio: Banco do Brasil
Direção geral e dramaturgia: Sérgio Maggio
Direção musical: Luís Filipe de Lima
Direção de movimento: Ana Paula Bouzas
Diretor assistente e de palco: Jones de Abreu
Atrizes/Personagens: Elisa Lucinda (Ester), Ellen Oléria (Rute), Renata Celidonio (Anne), Gabriela Correa (Noiva Erina e Simone), Tainá Baldez (Noiva L e Elle) e Luiza Guimarães (Xena Charme, Noiva Safo, Lea Secret e Filipa)
Instrumentistas: Alana Alberg (baixo), Marlene de Souza Lima (guitarra), Nathália Reinehr (bateria) e musicista a definir (teclado)
Desenho de Luz: Aurélio de Simoni
Desenho e operação de som: Branco Ferreira
Concepção de Figurinos: Carol Lobato
Concepção de cenário: Maria Carmen de Souza
Concepção de visagismo: Luma Le Roy
Concepção de som: Branco Ferreira
Preparação vocal: Sara Mariano
Roteiro musical: Sérgio Maggio e Ellen Oléria
Supervisão de roteiro musical: Luís Filipe de Lima
Supervisão de dramaturgia: Daniela Pereira de Carvalho
Assistentes de dramaturgia: Ellen Oléria e Yuri Fidélis
Fotografia: Diego Bresani, Patrícia Lino, Cristina Granato e Sérgio Martins
Design gráfico: Chica Magalhães
Coordenação de redes sociais: Rosualdo Rodrigues
Direção de produção: Ana Paula Martins
Produção executiva: Ana Nero
Concepção e idealização: Criaturas Alaranjadas Núcleo de Criação Continuada
Assessoria de Imprensa: Pombo Correio

Serviço
Centro Cultural Banco do Brasil São Paulo - Rua Álvares Penteado, 112 – Centro*
Temporada: 6 de janeiro a 26 de fevereiro
Às sextas, aos sábados e às segundas-feiras, às 20h, e aos domingos, às 19h.
Ingressos: R$20 (inteira) e R$10 (meia-entrada), com venda pelo site Eventim.com.br
Duração: 110 minutos
Classificação: 14 anos
Lotação: 140 lugares
*Acesso ao calçadão pelas estações Sé e São Bento do Metrô.
Estacionamento conveniado: Estapar Estacionamentos - Rua Santo Amaro, 272 - Centro, com custo de R$15 pelo período de 5 horas. É necessário validar o ticket na bilheteria do CCBB.
Traslado gratuito: uma van faz o transporte gratuito entre o estacionamento e o CCBB, com parada na estação República do Metrô no trajeto de volta.
Informações: (11)3113-3651 | (11) 3113-3652 ou
ccbbsp@bb.com.br | www.bb.com.br/cultura | www.twitter.com/ccbb_sp |
www.facebook.com/ccbbsp | www.instagram.com/bancodobrasil


Mártir
A Cia. Arthur-Arnaldo propõe reflexão sobre intolerância religiosa e os discursos de ódio
Direção de Soledad Yunge, espetáculo reestreia no dia 12 de janeiro no Teatro Cacilda Becker. A entrada é gratuita, com distribuição de ingressos uma hora antes de cada sessão
Sinopse - Benjamim não quer mais frequentar as aulas de natação na escola. Sua mãe acha que ele está usando drogas ou tem conflitos com seu corpo. Mas, na verdade, o jovem encontrou Deus, e as aulas mistas ofendem os seus princípios religiosos. Fundamentalismo e intolerância são os principais temas desta provocadora peça, que também questiona: até onde somos capazes de chegar para aceitar a fé do outro? Quando devemos impor as nossa próprias crenças?
FICHA TÉCNICA
Texto: Marius Von Mayenburg
Tradução: Christine Röhrig
Elenco: Ana Andreatta, Carlos Morelli, Edu Guimarães, Georgina Castro, João Bienemann, Júlia Novaes, Taiguara Chagas e Tuna Serzedello.
Direção: Soledad Yunge
Assistente de Direção: Luisa Taborda
Trilha sonora original: Fabio Muepetmo
Cenário, Figurino e Iluminação: Rafael Souza
Produção Executiva: Carú Lima
Direção de produção: Soledad Yunge
Realização: Cia. Arthur-Arnaldo da Cooperativa Paulista de Teatro
Assessoria de Imprensa: Pombo Correio
SERVIÇO
“Mártir”, da Cia. Arthur-Arnaldo
Teatro Cacilda Becker – Rua Tito, 295 - Lapa
Temporada: de 12 de janeiro a 4 de fevereiro
Às sextas e aos sábados, às 21h, e aos domingos, às 19h
*Sessão extra ocorre no dia 25 de janeiro, às 21h
Ingressos: grátis, com distribuição de convites uma hora antes de cada sessão
Duração: 80 minutos
Classificação: 14 anos
Lotação: 198 lugares


Fortes Batidas – reestréia
Vencedora dos prêmios APCA e São Paulo, com texto e direção de Pedro Granato
Conta histórias de 15 jovens que aproveitam a noite em uma festa.
O teatro é imersivo e o público é convidado para dançar e assiste a tudo como se estivesse na mesma pista.
A trilha sonora, reformulada, agora tem músicas de Karol Conka, Beyoncé, Pablo Vittar, entre outros.
FICHA TÉCNICA
Direção e dramaturgia: Pedro Granato
Cenário: Diego Dac
Assistente de direção e Iluminação: Gabriel Tavares
DJ: Pedro Augusto Monteiro
Coreógrafa e Stand-in: Inês Bushatsky
Assistentes de dramaturgia: Manuela Pereira e Natália Xavier
Produção: Contorno Produções e Pequeno Ato
Direção de Produção e Produção Executiva: Jessica Rodrigues e Victória Martinez
Atores: Ariel Rodrigues, Beatriz Silvei­ra, Bianca Lopresti, Bruno Lourenço, Felipe Aidar, Fernando Vilela, Gabriela Andrade, Ga­briela Gama, Gal Goldwaser, Inês Bushatsky, Ingrid Man­tovan, Laura Vicente, Lia Maria, Mateus Menoni, Mau Ma­chado e Vitor DiCastro.
Assessoria de imprensa: Pombo Correio
SERVIÇO
Fortes Batidas, de Pedro Granato
Centro Cultural São Paulo – Rua Vergueiro, 100 - Paraíso
Temporada: 23 de janeiro a 7 de fevereiro de 2018
Terças e quartas-feiras, às 20h
Ingressos: grátis, com distribuição de ingressos uma hora antes de cada apresentação.
Duração: 70 minutos
Classificação: 16 anos
Lotação: 150 lugares


Maitê Proença estreia A Mulher de Bath no Sesc Bom Retiro
A peça mostra o universo feminino com humor e fala de liberdade sexualidade e livre arbítrio.
A montagem foi adaptada para uma linguagem moderna e com pitadas de contemporaneidade, já que o texto de Geoffrey Chaucer foi escrito em 1380.
No Palco, Maitê vice uma mulher experiente que revive a sua vida, com seus amores, rancores, vinganças, traições e sua grandeza.
Essa mulher fala de sua história de maneira ardorosa à beira de uma estrada, na Inglaterra medieval. "É um texto de interesse universal. Uma mulher falando dos jogos e artimanhas do amor, das guerras infernais no casamento, do sexo e suas armadilhas, das diferenças entre homens e mulheres, da necessidade da soberania feminina, de seu pleito por liberdade. São as mesmas questões de hoje. Ele foi surpreendente em sua época, e continua a surpreender agora”, conta Maitê Proença, atriz e idealizadora do projeto.
Ficha Técnica
Texto: Geoffrey Chaucer
Tradução: José Francisco Botelho
Adaptação: Maitê Proença
Direção: Amir Haddad
Com: Maitê Proença
Participação do ator e músico: Alessandro Persan
Cenário: Luiz Henrique Sá
Figurino: Angèle Froes
Adereços: Marcilio Barroco
Iluminação: Vilmar Olos
Preparadora Corporal: Marina Salomon
Assistente de direção: Alessandro Persan
Trilha Sonora: Alessandro Persan
Camareiro: Fefo Fernando
Fotos divulgação: Daniel Chiacos
Fotos de cena: Sabrina Moura
Projeto Gráfico: Fabio Arruda e Rodrigo Bleque (Cubículo)
Assessoria de Imprensa : Heloisa Cintra e Douglas Picchetti (Pombo Correio)
Idealização: Maitê Proença
Produção em SP: Flandia Mattar
Direção de Produção: Maitê Proença e Sandro Rabello
Realização: M. Proença Produções e D!ga Sim Produções
Serviço
A Mulher de Bath
Teatro. 16 anos.
De 25/01 a 04/03.
Estreia, Quinta, 18h Sexta e Sábado, às 21h. Domingo, às 18h.
R$9,00 (Credencial Plena) R$ 15,00 (meia) e R$ 30,00 (inteira)
Endereço Sesc Bom Retiro
Al. Nothmann, 185 – Campos Elíseos.
Acessibilidade: Entrada com acesso para pessoas com deficiência e mobilidade reduzida.
Estacionamento próprio. Valores:
Com apresentação de Credencial Plena - R$ 5,50 até uma hora; R$ 2,00 adicional por hora.
Não credenciados - R$ 12,00 até uma hora; R$ 3,00 adicional por hora.
Tel: 3332 3600. Horário de funcionamento da unidade: de terça a sexta, das 9h às 21h; sábados das 10h às 21h; domingos e feriados, das 10h às 18h.


Além do que os nossos olhos registram

Priscila Fantin, Luíza Tomé e Letícia Birkheuer protagonizam comédia inédita em São Paulo, no Teatro J. Safra
Priscila Fantin, Luíza Tomé e Letícia Birkheuer protagonizam comédia inédita em São Paulo
O texto fala sobre as relações femininas diferentes gerações - mãe, filha e avó - e aborda temas como família, amizades, classes sociais, racismo, homofobia e bullying.
“Além do que os nossos olhos registram” trata da convivência entre três gerações de mulheres, com visões diferentes de suas vivências particulares, para problemas semelhantes. De maneira emocional, o espetáculo aborda as angústias e alegrias do universo feminino.
Ficha Técnica
Texto: Fernando Duarte
Direção: Fernando Philbert
Assistente de direção: Rodrigo França
Elenco: Luíza Tomé, Priscila Fantin & Letícia Birkheuer
Figurinos: Patrícia Muniz
Iluminação: Vilmar Olos
Cenário: Natália Lana
Visagismo: Walter Lobato
Fotos: Lucio Luna
Coordenador de projeto: Fernando Duarte
Dir. de produção: Fabricio Chianello
Realização: Ymbu Entretenimento LTD
SERVIÇO
Além do que os nossos olhos registram
Apresentação: de 19 de janeiro a 11 de março de 2018
Horário: sexta 21h30/ sábado 21h / domingo 20h
Classificação: 12 anos
Duração: 65 minutos
Gênero: Comédia dramática
PRÉ VENDA ATÉ 17/01/2018:
Plateia Premium: R$ 50,00
Plateia Vip: R$ 50,00
Mezanino: R$ 30,00
Mezanino com visão parcial: R$ 20,00
SEXTAS E DOMINGOS (a partir de 18/01/2018):
Plateia Premium: R$ 70,00
Plateia Vip: R$ 70,00
Mezanino: R$ 30,00
Mezanino com visão parcial: R$ 25,00 ( O site De olho na cena considera, mesmo o estabelecimento avisando, absurdo existir lugar com visão parcial)
SÁBADOS (a partir de 18/01/2018):
Plateia Premium: R$ 80,00
Plateia Vip: R$ 80,00
Mezanino: R$ 30,00
Mezanino com visão parcial: R$ 30,00
Teatro J. Safra
Endereço: Rua Josef Kryss, 318 - Barra Funda - São Paulo - SP
Telefone: (11) 3611-3042
Abertura da Casa: 2 horas antes de cada horário de espetáculo, com serviço de lounge-bar no saguão do Teatro.
Capacidade da casa: 627 lugares
Acessibilidade para deficiente físico
Estacionamento
Valet Service (Estacionamento próprio do Teatro) - R$ 25,00
Horário de Funcionamento da bilheteria
Quartas e quintas – 14h às 21h
Sextas, Sábados e Domingos – 14h até o horário dos espetáculos
Vendas on-line: www.teatrojsafra.com.br ou http://www.compreingressos.com/teatros/497-Teatro-J+-Safra
Vendas por telefone: (11) 2626-0243
Aceita os cartões de crédito: Amex, Dinners, Elo, Mastercard, Visa e Hipercard.
Não aceita cheques.



Clique nas imagens para ampliar:



DE OLHO NA CENA ® 2015 - Todos os Direitos Reservados
. . . . . . . . . . . .

DE OLHO NA CENA BY NANDA ROVERE - TUDO SOBRE TEATRO, CINEMA, SHOWS E EVENTOS Sou historiadora e jornalista, apaixonada por nossa cultura, especialmente pelo teatro.Na minha opinião, a arte pode melhorar, e muito, o mundo em que vivemos e muitos artistas trabalham com esse objetivo. de olho na cena, nanda rovere, chananda rovere, estreias de teatro são Paulo, estreias de teatro sp, criticas sobre teatro, criticas sobre teatro adulto, criticas sobre teatro infantil, estreias de teatro infantil sp, teatro em sp, teatros em sp, cultura sp, o que fazer em são Paulo, conhecendo o teatro, matérias sobre teatro, teatro adulto, teatro infantil, shows em sp, eventos em sp, teatros em cartaz em sp, teatros em cartaz na capital, teatros em cartaz, teatros em são Paulo, teatro zona sul sp, teatro zona leste sp, teatro zona oeste sp, nanda roveri,

CRISOFT - Criação de Sites ® 2005
HOME PAGE | QUEM SOU | TEATRO ADULTO | TEATRO INFANTIL | MULTICULTURAL | CONTATO
CRÍTICAS OPINIÕES CINEMA
MATÉRIAS MATÉRIAS SHOWS
ESTREIAS ESTREIAS EVENTOS